06 janeiro 2011

O melhor dia para se casar

Economia e disponibilidade de fornecedores são algumas das razões que levam noivas a optar por dias e horários diferentes

Cintia Costa, especial para o iG São Paulo | 05/01/2011 18:19

Casar em dia de semana, como fez Juliana Paes, é elegante – mas seus convidados podem passar por maus bocados tentando chegar a tempo no salão ou na igreja. Sábados, disputadíssimos, encarecem o preço dos serviços. Sextas e domingos despontam como uma boa alternativa para os valores astronômicos dos sábados – basta saber escolher o tipo de celebração. Conversamos com especialistas que nos ajudaram a comparar os prós e contras. Leia, decida qual é o melhor dia para se casar e vote na enquete ao final da página.
Sábado

Casamento ao por-do-sol: aos sábados, cerimônia tem mais flexibilidade de horário

Há uma razão clara para este ser o dia favorito das noivas. “É mais confortável para noivos e convidados, que têm o dia todo disponível para os preparativos, além da tranquilidade do dia seguinte ser um dia de descanso”, explica a organizadora de casamentos Adriana Perez.
Por outro lado, são os mais disputados da agenda dos fornecedores. Isso significa que é necessário contratá-los com bastante antecedência. Além disso, maior procura é sinônimo de preços maiores – e margens menores de negociação.

 Dias de semana

Casamentos durante a semana – como o da atriz Juliana Paes, numa terça-feira – são considerados chiques. Curiosamente, esta é a opção mais barata, por ser a menos procurada.
“O casal deve pensar na questão de horário: início e ritmo da festa.
Não pode começar muito cedo, pois muitos convidados trabalharão durante o dia e precisam de tempo para se arrumar. Também não é interessante terminar tarde, pois os compromissos dos convidados para o dia seguinte podem fazer com que a festa termine com pouquíssimos convidados”, recomenda Adriana Perez.

Domingo

Aos domingos, cerimônias devem ser mais cedo

Para quem planeja se casar de dia, domingo vem aparecendo como uma ótima opção. Por ser no fim de semana, os noivos e convidados têm tempo para cuidar dos últimos preparativos com calma.

A vantagem em relação aos sábados está no preço e na disponibilidade de bons fornecedores. “Quando encontrei o local em que queria me casar, os sábados disponíveis eram poucos e distantes”, conta a publicitária Ana Lion. “Descobri que dava para fazer em um domingo, dentro do prazo que eu queria e com um belo desconto “.

Ana optou por uma cerimônia seguida de coquetel, que começou às 17 horas e foi até as 21 horas. “Se o evento for à noite, é importante começar cedo”, ensina Adriana Perez. Para quem prefere comemorar por mais tempo, uma boa opção é fazer cerimônia diurna seguida de almoço ou brunch.

Sexta-feira

Sexta: comemoração ao estilo balada, para festejar madrugada afora

O último dia útil é o mais barato do fim de semana. Fazer seu evento neste dia pode significar uma economia de até 35% no valor do buffet, segundo Alain Pierre, proprietário do Espaço Aragon.

“Vou me casar em uma sexta-feira por um motivo básico: dinheiro”, conta a noiva Maira Cortellini Abrahão, que conseguiu um desconto de R$ 2.500 na locação do buffet. Como se trata de um dia de trabalho, é importante que a cerimônia não comece muito cedo, para que os convidados tenham tempo de sair do escritório e se arrumar. Por outro lado, como o dia seguinte é de descanso, a festa não tem hora para acabar. É uma boa opção para noivos que gostam de celebrar madrugada adentro.



0 comentários:

Postar um comentário

GALJY Cerimonial e Eventos © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.