11 janeiro 2011

21 respostas sobre convites de casamento

Este é um dos assuntos principais quando se fala em casamento... O Convite! Vocês devem estar perguntando mais porque? muito fácio de resposnder é através do convite que o convidado tem o primeiro contato com o casamento... e isso para uma noiva organizada como eu é muito importante... rs ♥ 

Então encontrei esta matéria no iG (site que gosto muito) e resolvir compartilhar com vocês. Segue o modelo do meu convite de casamento. Que não é padrão mas para noivinhas que gostão de algo moderno e clássico ao mesmo tempo fica a sugestão.

Dica: 

- Procure convites que tenha a ver com vocês afinal de conta o casamneto é seu.

- Pesquise mas não deixem de fazer apenas pelo valor $, pode-se encontrar algo linda e bem em conta.

- Coloque todas as informações necessárias pois é através do convite que os convidados saberam como será o seu Grande Dia!

 

Meu convite de casamento- Papel e Estilo

Cores, formatos, textos, tempo de entrega, tratamento dos convidados: tire todas as suas dúvidas e inspire-se com 33 modelos

Cintia Costa, especial para o iG São Paulo | 07/01/2011 15:41

O que escrever no envelope? Com quanta antecedência entregar? Vale anexar cartãozinho da loja onde está a lista de compras? O consultor de etiqueta e organizador de casamentos Fábio Arruda e a especialista em etiqueta Ligia Marques ajudam a responder as principais dúvidas das noivas em relação aos convites de casamento.

1. As cores do convite precisam combinar com a decoração do casamento?
Não. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra”, diz Fábio. “Pode, sim, ter uma linha de raciocínio, mas não precisa combinar”.

2. Qual é o tamanho ideal do convite?
Depende da noiva. “Não gosto de falar em tamanho ideal, porque hoje existem muitos modelos diferentes. Mas o mais usado é o retângulo de 15 x 21 cm”, diz Fábio. Veja modelos de todas as formas na galeria logo abaixo.

3. A noiva pode fazer o próprio convite?
Depende. “Combina mais em caso de casamentos informais”, diz Ligia. Já para Fábio, se a pessoa tem habilidades manuais, pode imprimir um toque pessoal ao item.

4. Convites perfumados são elegantes?
Nem pensar. Para Fábio, convites perfumados são antiquados. “Lembra papéis de carta da época da minha mãe!”, brinca. “Além disso, o perfume pode sofrer alterações até chegar aos convidados ou não agradá-los”.

5. Pode-se fazer convites especiais para pais e padrinhos?
Sim. É um gesto de carinho. Mas o convite precisa ser entregue pessoalmente, a não ser que os pais e padrinhos morem fora 

6. O texto precisa ser formal, com números em extenso e tudo mais?
“O convite tradicional ainda é o mais elegante”, diz Ligia. Mas os noivos podem, sim, optar por um texto menos formal – desde que não fique informal demais para a ocasião, com uso de gírias ou abreviações de internet.
 
7. Tem que começar com os nomes dos pais dos noivos?
Segundo Ligia, os nomes dos pais abrem o convite quando são eles que estão arcando com as despesas do casamento, e apenas em caso de primeira união. “Quando os noivos são financeiramente independentes, o convite deve ser em nome deles. Em caso de segunda boda, fica interessante e simpático os filhos convidarem”, sugere.

8. Pode ter algum tipo de desenho?
Não há problemas. “Foge um pouco do tradicional e pode não agradar a todos, mas, se é do gosto dos noivos, está liberado”, diz Ligia.

9. Pode ter citações de filmes ou de músicas?
Sim. “Assim como no caso do desenho, pode, mas existe a possibilidade de não agradar aos convidados que não compartilham dos mesmos gostos”, diz Ligia. “O convite tradicional ainda é o mais chique”.

10. É feio anexar cartãozinho de lista de presentes?
Sim. “É bastante deselegante. Presente deve ser opção dos convidados, não imposição dos noivos”, diz Fábio. “Se quiserem fazer lista de presentes, não tem problema, mas esperem que os convidados perguntem antes de informar”.

11. E cartãozinho de entrada para a festa, pode?
Não é deselegante, segundo Fábio. O ideal seria os convidados respeitarem o código do convite, mas infelizmente nem sempre é assim, então não tem problema reforçar. Ligia ressalta que o cartãozinho não deve servir para convidar apenas parte das pessoas. “Todos os chamados para a cerimônia devem ser chamados para a festa”.

12. Pode pedir no convite que os adultos não levem crianças?
Não. “Os pais é que devem conhecer seus filhos e decidir sabendo se são crianças comportadas ou malcriadas”, diz Fábio.

13. Pode pedir RSVP no convite?
Sim. “Embora não seja o mais tradicional, colocar um prazo para a confirmação da presença pode ser prático, já que a maioria das pessoas não tem o costume de confirmar assim que recebem o convite”, diz Ligia. O prazo ideal é um pouco antes da data que o buffet pede para confirmar o número final de convidados.

14. Devo contratar um calígrafo?
É melhor. “Se o casamento for mais informal, os noivos podem até imprimir os nomes no envelope em letra bem bonita. Só não vale etiquetar, fica muito feio”, diz Ligia.

15. Quais são os pronomes de tratamento usados?
“Para casais casados, use ‘Senhor’ e ‘Senhora’. Para os demais, dispense o pronome. ‘Senhorita’ e ‘Ilustríssimo’ são termos que caíram totalmente em desuso”, ensina Fábio.

16. Ao convidar pessoas solteiras, deve-se incluir um acompanhante? Como comunicar isso?
“Quando convidar casais com filhos solteiros, não precisa”, diz Fábio. Se quiser convidar um acompanhante, a melhor maneira é falar ao vivo ou pelo telefone, para que a pessoa se sinta à vontade.

17. Pode entregar apenas um convite para casais de namorados ou precisa de um para cada?
A regra é um convite por endereço. “Mas, se for facilitar, não há problema em fazer um convite só para casais que não moram juntos”, diz Fábio.

18. Pode usar o apelido do convidado no envelope?
“Pode e deve”, diz Fábio Arruda. A proximidade permite liberdades como essa, e é um gesto carinhoso.

19. Com quanto tempo de antecedência os convites devem ser entregues?
O ideal, segundo os especialistas, é fazer a entrega dois meses antes do evento. Para os convidados que moram em outras cidades e precisam de mais tempo para organizar uma viagem, entregue com três meses de antecedência.

20. Tudo bem enviar por correio?
O ideal é que o convite seja entregue em mãos a cada convidado. No entanto, com a vida cada vez mais corrida, muitos noivos não conseguem fazer a entrega pessoalmente. “Para aqueles que moram fora, pode enviar o convite por correio”, explica o consultor Fábio Arruda. “Já para os convidados que moram na mesma cidade, é mais gentil usar serviços de entrega. Em qualquer caso, é fundamental telefonar, para não ficar impessoal”.

21. E por e-mail, pode?
“De jeito nenhum!”, diz Ligia Marques. Muito informal para a ocasião.

0 comentários:

Postar um comentário

GALJY Cerimonial e Eventos © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.