22 março 2011

É hora do chá!!! Novidades

Meninas, olha que máxio essa matéria que encontrei... uma super novidade que é tendência para 2011 e 2012... vale a pensa conferir e por que não aderir... rs

Por isso é importante ter uma assessoria de eventos e uma cerimonialista pois nos estudamos cada detalhe e fazemos com que cada preparativo do seu casamento seja ÚNICO!!!

Vale a pena conferir!!!

Alci Aires ♥

--------

Com algumas adaptações, as festas de chá de cozinha continuam a animar o pré-casamento. Veja duas ideias diferentes

Camila de Lira, iG São Paulo | 17/03/2011 18:18


Muitas tradições do casamento ganham ares modernos – como a valsa que virou samba, tango e até pop – nos casamentos de hoje. Uma delas é o chá de cozinha. Com algumas adaptações, a tradicional reunião de amigas que ajuda a equipar a casa da noiva ainda faz sucesso – e já abrange, contrariando o costume, amigos do casal também.

Tradicionalmente, o chá de cozinha brasileiro tem algumas regras: a presença apenas de mulheres, a lista de presentes contemplando itens de serviço para lavanderia e cozinha e as prendas pagas pela noiva a cada tentativa errada de adivinhar quais são os presentes recebidos.

Mas é possível fugir das tradições sem perder a função do evento. “Hoje em dia é muito normal os amigos ajudarem a organizar um chá de cozinha para homenagear os noivos. É uma ocasião a mais para celebrar e estar juntos”, diz a cerimonialista Vera Simão, autora do livro “Casar: do Planejamento à Celebração em Grande Estilo” (Mescla Editorial).

Escolher um tema, abrir o convite para homens e mulheres amigos do casal e optar por um cardápio bem cuidado são algumas das recomendações. “Em todas as opções de festas pré-casamento, salgadinhos, lanches de metro e crepes são muito bem vindos”, diz a organizadora Jamila Santana, da Jah! Eventos. Foi o que fizeram os noivos Petter Ricardo de Oliveira e Ana Paula Maroli: com uma ajuda da família da noiva, a dupla arregaçou as mangas e preparou o cardápio do próprio “chá de casa-bar-panela”.

Quebrando tradições: os noivos Petter e Ana Paula abrem seus presentes juntos no chá


Chá de casa-bar-panela?

Em dúvida se iriam chamar só mulheres, só homens ou só familiares, Petter e Ana Paula resolveram convidar todo mundo. E batizaram a própria festa de “chá de casa-bar-panela”. O casal sobe ao altar no dia 23 de abril próximo e não quis gastar muito com o evento, por isso resolveu preparar o menu. Eles fizeram os docinhos e os salgados. “Os convidados pediam o número do buffet que fez as comidas. Eu brincava e falava que era o meu número”, conta o noivo.

O chá permite aos noivos apostar na informalidade. As comidinhas fizeram sucesso, mas o que mais chamou atenção no chá de Petter e Ana Paula foi o videogame. Os convidados se divertiram tocando as músicas do quarteto de Liverpool no jogo “Beatles Rock Band”. “Gostamos muito de Beatles. Quando fui pedi-la em namoro, toquei duas músicas deles. Queríamos colocar o videogame na festa do casamento, mas como a ideia não foi muito bem aceita, acabamos colocando no chá. Afinal, no chá nada impede que se tenha algo assim”, diz Petter.

Em vez do tradicional jogo de adivinhação dos presentes pela noiva, o chá de Petter e Ana Paula teve uma brincadeira mais animada. A irmã de Ana pediu a cada noivo um questionário respondido antecipadamente. Durante a festa, um devia acertar as respostas dadas pelo outro. “Quem errava tinha que virar um copo de uma das bebidas que tinha na festa”, explica ele. A diversão foi garantida. “Fui jogar o ‘Rockband’ zonzo”, brinca o noivo.


Convidados de Petter e Ana Paula jogam "Beatles Rock Band" no chá
 

Chá de relógio

Uma opção elegante, segundo Vera Simão, é moderar na lista. “Sou um pouco contra o excesso de pedidos de presente”, diz a cerimonialista. Oferecer pequenos mimos e caprichar na diversão é uma boa maneira de dar algo em troca aos convidados.

Deixá-los mais livres para escolher os presentes também é uma alternativa válida. Foi o que fez Aline Almeida em seu chá. Ela optou por fazer um chá de relógio: em vez de determinar uma lista de presentes, escolheu horários para inspirar cada convidado.

“Quando eu entregava o convite à pessoa, ela já sorteava uma hora do dia. Por exemplo: se saísse ‘9 horas da manhã’, ela poderia me presentear com algo que se usa naquele horário, como uma bandeja de café da manhã ou copos de suco”, diz Aline. As amigas se empenharam na criatividade. “As que pegaram o horário das 20 horas me deram garfinhos de aperitivos e até calcinhas”, diverte-se.

Aline também quis fugir daquelas brincadeiras antigas em que a noiva é pintada ao errar um item que recebeu. “Distribuí umas cartelas de bingo com as colunas e linhas em branco e pedi para as meninas colocarem o que elas achavam que eu ia ganhar. Enquanto eu abria os presentes, elas iam marcando os acertos. Quem fazia uma linha completa ganhava presentes – bijouterias e sabonetinhos aromatizados”, conta a noiva.


0 comentários:

Postar um comentário

GALJY Cerimonial e Eventos © Copyright 2012.|TODOS DIREITOS RESERVADOS| Feito porLaysa layout.